17 de Novembro de 2007

Começo hoje este diário, com objectivo de ir documentando todo o processo de investigação que iniciei. Vai também servir para ir estruturando o meu trabalho, a partir das minhas reflexões e dos contributos dos cibercidadãos.
Tenho lido muita coisa; tenho falado com alguns especialistas na área. Porém, acho que me estou a dispersar. Começo a pensar que isto da aprendizagem colaborativa e da interdisciplinaridade é uma grande balela. A colaboração é um termo muito bonito... mas daí até à prática vai um passo maior do que a perna. Das duas uma: ou a partilha de conhecimento não é uma prática comum ou então não sabem assim tanto do assunto como querem aparentar. Como não me parece que seja a segunda hipótese... a colaboração estende-se apenas e somente aos seus pares, de quem esperam algum reconhecimento (já tardava a aparecer a pirâmide das necessidades de Maslow!).


25 de Novembro de 2007

Vai ser publicado mais um artigo meu.
O Grupo GETED convidou-me para dar uma palestra no dia 27 de Novembro. Infelizmente não pude aceitar, porque a hora coincide com o meu horário lectivo. Este ano, a exemplo dos anos anteriores, tenho imenso trabalho na escola. Participo em imensas actividades, por gosto e por estímulo, mas sinto que me consome tempo para as minhas coisas, para mim.
Faço parte do Projecto CRIE e solicitaram-me que desse umas sessões sobre o funcionamento do Moodle. Quando viram o trabalho que estou a desenvolver com os meus alunos e as wikis, também me pediram para lhes dar umas sessõeszitas sobre o assunto...
Tinha prometido a mim mesma não realizar qualquer visita de estudo com os alunos do 8º ano. Porém, mais uma vez, este ano não poderia deixar de aproveitar a exposição sobre o Leonardo da Vinci - o maior génio de todos os tempos (para mim). Isto de organizar esta visita para mais de 350 alunos é obra.
Para além disso tenho o doutoramento, que prometi a mim mesma andar para a frente. É o meu projecto mais ambicionado (neste momento).
O primeiro desafio que terei de ultrapassar é a gestão de tempo. Por agora está a ser um pouco complicado. Isto de ser investigadora a tempo parcial tem que se lhe diga. Felizes aqueles que se podem dedicar a tempo inteiro a esta actividade!

5 de Dezembro de 2007

Estou a implementar comunidades de prática entre os meus alunos. Começamos por criar a "nossa" disciplina na plataforma Moodle. Aí se colocavam os materiais de suporte (apoio) para a disciplina como também todos os trabalhos que ia solicitando aos alunos. Todos liam os trabalhos elaborados pelos colegas e manifestavam a sua opinião sobre os mesmos, avaliando-os. Não observei qualquer constrangimento por parte dos alunos neste tipo de divulgação "pública" quer dos seus trabalhos quer da expressão da opinião dos colegas. Mais, pareceu-me sim, que tinham mais cuidado com a sua como escreviam e expressavam as suas opiniões.
A plataforma Moodle, porém, parece ter algumas limitações, pelo que optei pela utilização das wikis. Assim, foi criada uma wiki para os alunos da turma do Curso Profissional (http://10ts.wikispaces.com). Os alunos parecem muito envolvidos nas tarefas que lhes são propostas. Para além disso, vão desenvolvendo competências tecnológicas que lhes vão ser exigidas no mundo do trabalho.
Como os alunos do ensino básico também mostraram interesse, e no âmbito da disciplina de Educação Tecnológica, também criei uma wiki destinada a estes alunos, onde se espera que os alunos coloquem on-line os seus trabalhos e documentem o processo de elaboração dos seus trabalhos. O endereço é http://edtecno.wikispaces.com.
A pergunta que me coloco é: será isto uma comunidade de prática?

28 de Dezembro de 2007

Faço parte de uma comunidade virtual - a evonline2002_webheads. É uma comunidade onde se fala exclusivamente o inglês, muito dinâmica, onde a partilha de conhecimento e a confiança imperam. Vance Stevens, um dos mentores/fundadores desta comunidade, visitou esta wiki e fez o favor de partilhar comigo os seus comentários. Um deles tem a ver precisamente com o factor língua. Estando em português, e não falando ele esta língua, é uma enorme barreira à partilha e à colaboração. Diz ele:
"Hi Adelina, and all,

I visited your wiki and found that though parts of it are inaccessible to me (language barrier) many are. It appears to be a nice study of CoPs.
I have articulated the evolution in my thinking regarding my perception of Webheads as having moved through group (YahooGroup) , community (CoP), to
network (distributed learning network functioning on connectionist lines) here:

//http://advanceducat ion.blogspot. com/2007/ 11/webheads- as-agents- of-change- in-ever.html//
I don't know where to put this in your wiki but you are welcome to use it if you wish.
I am interested in the graphic you used on the front page (the pencil touching the mouse). Where did you get that?
I've tagged your page CoP, communitiesofpracti ce, and multiliteracies in my
[[mhtml:{8F597EF5-4233-49BF-B5A0-EE0560F41AC4}mid:00000010/!x-usc:http://del.icio.us/vancestevens|//http://del.icio. us/vancestevens]]
Best,
Vance"

As suas sugestões foram aceites.
Também me inscrevi no Facebook, a convite de um dos membros deste grupo. Era um território ainda inexplorado, por mim. Encontrei por lá algumas pessoas conhecidas. Agora sou "amiga" de um dos meus autores de referência!!! Howard Rheingold. Outros autores e investigadores desta área também acederam a ser meus "amigos"! Interessante...